Tratamentos

Reposição de Vitamina D Voltar

Quando não é possível atingir os valores recomendados de vitamina D, está indicada a suplementação.

A reposição de vitamina D deve ser feita via oral, com comprimidos ou cápsulas semanais ou diárias. Deve-se evitar a administração via injetável por possíveis e consistentes riscos da elevação exacerbada da vitamina D.

Doses excessivas são tóxicas para o organismo, podendo causar distúrbios como arritmias, desidratação, hipercalcemia (excesso de cálcio). A hipercalcemia ocasionada pode gerar perda da função renal, falência hepática, calcificação de órgãos, pedra nos rins.

Devido a todos esses fatores, é essencial a avaliação da vitamina D periodicamente nos pacientes em tratamento.