Doenças

Deficiência de Vitamina D Voltar

A vitamina D é um pré hormônio com papel crucial na regulação do metabolismo do cálcio e, consequentemente, na saúde óssea. Há diversos estudos sobre outras funções no organismo, mas até então nada comprovado.

As fontes de vitamina D alimentares são escassas e os seres humanos dependem principalmente da produção cutânea, catalisada pelos raios solares. A exposição solar diária de 20% do corpo (braços e rosto, por exemplo) por 15 minutos já permite uma produção adequada.

Os valores indicados de vitamina D são:
⁃ Acima 20 ng/mL para população geral
⁃ Entre 30 e 60 ng/mL para o grupo de risco para osteoporose e fratura

Algumas pessoas apresentam maior propensão a desenvolver deficiência de vitamina D, como idosos, pessoas com baixa exposição à luz solar, gestantes, lactantes, negros, obesos, usuários de corticoide ou anticonvulsivante, pós bariátrica, portadores de osteoporose, osteopenia, cirrose, diabetes, doença renal crônica. Nesses, é importante a dosagem da vitamina, para avaliar necessidade de reposição.