Blog

Você tem nódulo de tireoide? Voltar

01 de julho de 2020
A presença de nódulos de tireoide é muito frequente e, apesar de a palavra “nódulo” já causar certo espanto, a maioria é benigna.

A prevalência deles na população é de 16 a 67% (JCEM 2015), sendo mulheres idosas as mais acometidas e a presença de malignidade encontrada em 5-15% dos casos (JAMA 2018). A despeito desses valores, há aqueles que apresentam maior risco de neoplasia, como pessoas do sexo masculino, indivíduos com menos de 20 anos ou mais de 70 anos, história de exposição à radiação, parente de primeiro grau com câncer de tireoide e outros.

Quando suspeitar de câncer de tireoide? Os nódulos devem ser acompanhados periodicamente para determinar surgimento de características suspeitas, crescimento e produção hormonal, que serão avaliados através do exame minucioso de ultrassonografias e exames laboratoriais.

Em determinados casos, há necessidade complementar a investigação com a PAAF (punção por agulha fina do nódulo). A PAAF é um procedimento simples, que retira um pedacinho da tireoide e avalia suas células microscopicamente. O resultado dela pode indicar ou não cirurgia.

É importante saber que na maioria das vezes não há necessidade de cirurgia, mas é imprescindível o acompanhamento para não deixar passar qualquer suspeita.
 
compartilhe esse post